1

Dia Mundial do Rádio defende a diversidade em 2020

Em 13 de fevereiro, é comemorado o Dia Mundial do Rádio. A data, celebrada anualmente desde 2012, proclamada em Assembleia Geral das Nações Unidas em 2011, visa homenagear o rádio e a maneira que o meio perpassa o cotidiano das pessoas diariamente. Em cada ano, uma temática ancora as ações para marcar a comemoração.  No ano de 2020, o tema do Dia Mundial do Rádio busca celebrar a diversidade.

De acordo com a Unesco, o rádio é um meio poderoso para celebrar a humanidade em toda a sua diversidade e constitui uma plataforma para o discurso democrático. Além disso, em nível global, o meio segue sendo o mais consumido pelas pessoas, oportunizando a capacidade de oferecer uma experiência de diversidade para a sociedade.

No Dia Mundial do Rádio deste ano, a Unesco ainda solicita o auxílio das estações de rádio na defesa da diversidade, apresentando três tópicos principais:

– Defesa do pluralismo no rádio, incluindo uma mistura de emissoras públicas, privadas e comunitárias;

– Incentivo a representação nas redações, com equipes compostas por diversos grupos da sociedade;

– Promoção de diversidade de conteúdos editorias e tipos de programas que reflitam a variedade do público.

Assista o vídeo de divulgação da campanha e participe da comemoração do Dia Mundial do rádio com as hashtags #WeAreRadio, #WeAreDiversity.  

Conheça o Perfil do consumo de rádio no Brasil

Depois de uma breve contextualização do motivo de comemorarmos o Dia Mundial do Rádio, vamos apresentar um panorama de como o meio segue atingindo uma altíssima audiência no Brasil, do Oiapoque ao Chuí ou de norte a sul do Brasil. Os dados foram retirados de um estudo da Kantar IBOPE Media.

O rádio é ouvido por 83% da população em 13 regiões metropolitanas, sendo a cada 5 pessoas, 3 escutam rádio todos os dias. Em média, cada pessoa fica cerca de 4h33min por dia escutando conteúdos radiofônicos. Os meios utilizados para se escutar rádio podem surpreender. Mesmo com a presença das rádios em plataformas para smartphones ou acesso no computador, a maioria ou 84% continua consumindo rádio pelo aparelho comum. Outros 20% escutam pelo celular, 4% por meio de outros equipamentos e 3% pelo computador.

Quando olhamos para onde os ouvintes estão enquanto escutam rádio, 70% diz estar em casa, 23% no carro, 13% no trabalho, 8% no trajeto e 2% em outros locais. O perfil etário de quem consome o meio de comunicação é surpreendente. Entre os 83% que consomem a mídia, a média entre os jovens é maior do que entre os mais velhos. Quem tem entre 20 e 49 anos corresponde a 86% dos que disseram ter escutado nos últimos 30 dias.

Por fim, vamos trazer um panorama da programação encontrada das rádios, com destaque para os temas mais procurados pelos ouvintes: música, notícias e esportes. De acordo com 62%, a música é componente de destaque em sua vida. Notícia é o conteúdo pesquisado por 70% das pessoas, sendo que 80% afirma acompanhar transmissões esportivas ao vivo, e outros 62% escutam notícias e comentários esportivos.

Você também vai gostar

Total de execuções em Rádio em 2022

Execuções em Rádio 2022 Você sabia que o ano de 2022 fechou com um total de 159,2 MILHÕES execuções em rádios? Em primeiro lugar está

Deixa Eu Mentir Léo Chaves

Deixa Eu Mentir de Léo Chaves e Henrique e Juliano Deixa Eu Mentir de Léo chaves e Henrique e Juliano é mais um sucesso que

Leão Marília Mendonça

Leão Marília Mendonça A Rainha nunca perde a majestade e continua no topo das paradas, dessa vez a música que emplacou o 1º lugar foi

Connectmix 2023 - Todos os direitos reservados